Comércio de emissões na Colômbia

Em 2015 a Colômbia definiu no âmbito da sua política climática um objectivo de reduzir as suas emissões de Gases com Efeito de Estufa (GEE) em 20% face ao cenário “business as usual” em 2030. Para ajudar a cumprir este objetivo, o país considera a potencial implementação de instrumentos de precificação de carbono. Foi neste âmbito que a Get2C, em parceria com a Universidade do Minho e uma empresa Colombiana, Environmental Business Technologies (EBT) trabalhou com a Direção Nacional do Planeamento e o Ministério do Ambiente da Colômbia para realizar uma análise macro-económica da potencial implementação de um sistema de comércio de emissões a nível nacional. Este projeto contou com o apoio do Banco Mundial no âmbito da PMR (da sigla inglesa para Partnership for Market Readiness).
Esta publicação realizada pela DNP apresenta o trabalho desenvolvido e os seus principais resultados. Destaca-se que os resultados do trabalho evidenciaram que um sistema de comércio de emissões poderá ser um instrumento custo-eficaz para cumprir as metas de redução de emissões de GEE do país.