Mercado de carbono (resumo semanal – 05/08/2019)

Foi aprovado na passada sexta-feira em Resolução do Conselho de Ministros o Programa de Ação para a Adaptação às Alterações Climáticas (P-3AC). Esta resolução procura concretizar o segundo objetivo da Estratégia Nacional para Adaptação às Alterações Climáticas 2020 (ENAAC 2020) – implementar medidas de adaptação – identificando as intervenções físicas com impacto direto no território. Esta resolução estabelece as linhas de ação e as principais medidas de adaptação, identificando as entidades envolvidas, os indicadores de acompanhamento e as potenciais fontes de financiamento.

O enorme leilão de energia solar de Portugal da semana passada bateu um recorde mundial, com uma das 24 licenças disponíveis vendidas por 14,76 €/MWh, informou na terça-feira o secretário de Estado da energia, João Galamba. A tarifa foi atribuída ao maior vencedor do concurso, um projeto de 150MW. Este foi o maior leilão de licenciamento de qualquer tipo de energia lançada em Portugal e representa mais do dobro da atual capacidade instalada de energia solar no país.

A Comissão Europeia decidiu reinvestir os fundos não gastos do programa NER300 para apoiar projetos de inovação com baixo carbono no âmbito do InnovFin Energy Demo Projects (EDP), um instrumento financeiro da UE gerido pelo Banco Europeu de Investimento. Um dos projetos selecionados situa-se em Portugal, tratando-se de um parque eólico offshore flutuante a 20 km da costa e em águas com profundidade de 100 m.

Consulte os valores diários aqui.