Mercado de carbono (resumo semanal – 13/04/2020)

UE aposta no Pacto Verde para uma economia pós-vírus
O Executivo da UE lançou na quarta-feira uma consulta pública sobre a sua “Estratégia de Finanças Sustentáveis Renovada”, parte de um pacote de € 1 bilião para tornar a economia europeia mais verde até 2030. O vice-presidente do Executivo, Valdis Dombrovskis, afirmou que apesar dos esforços estarem a ser concentrados na luta conta o coronavírus, não se deve perder de vista os objetivos de sustentabilidade a longo prazo, incluindo tornar a Europa neutra em carbono até 2050 e, acrescentou, que criar uma economia mais sustentável e resiliente será o foco principal da fase de recuperação e a Estratégia de Finanças Sustentáveis Renovada será essencial para mobilizar o capital necessário.

A estratégia terá como objetivo estimular os investimentos verdes, integrando totalmente “riscos climáticos e ambientais no sistema financeiro”, indicou a Comissão, dizendo que pretende adotar o plano de finanças verdes atualizado no segundo semestre de 2020. Esta estratégia já foi apoiada por várias entidades e ministros do ambiente, onde se inclui João Pedro Matos Fernandes, o Ministro do Ambiente e da Ação Climática.

Produção de petróleo com mínimos históricos
A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e os aliados, liderados pela Rússia, chegaram a um acordo no domingo para reduzir a produção em 9,7 milhões de barris por dia em maio e junho de forma a sustentar os preços do petróleo. Em função do surto da COVID-19, a procura por petróleo caiu para um terço e os preços caíram historicamente para valores mínimos que já não se verificavam há 18 anos.

Consulte os valores diários aqui.