No clima também há heróis! (Maria João Ramos)

Em Davos, na Suíça, teve lugar a 22ª edição dos prémios Crystal, cerimónia que decorreu no Fórum Económico Mundial e que reconheceu e homenageou Leonardo DiCaprio, um dos heróis do clima. O evento premiou também o músico Will I Am, a atriz chinesa Yao Chen e o alemão Olafur Eliasson que se destacaram por trabalhos no campo da educação dos mais pobres, da crise dos refugiados e do empreendorismo social.

Apesar da homenagem Leonardo DiCaprio não deixou de fazer um discurso incómodo para os líderes políticos: “Não podemos simplesmente dar-nos ao luxo de permitir que a ganância empresarial das indústrias do carvão, petróleo e gás determine o futuro da humanidade. Essas entidades com interesses financeiros em preservar este sistema destrutivo negaram e até encobriram as provas das alterações do clima. Já chega! Sabem bem, o mundo sabe bem, a história vai atribuir-lhes directamente a culpa desta devastação.

E acerca de do acordo de paris refere: “Foi um importante primeiro passo, mas estamos muito longe de cantar vitória no combate pelo nosso futuro e pela sobrevivência do planeta. O Acordo de Paris foi um apelo à acção mas cabe agora a todos nós criar este progresso com engenho e empenho na mudança. Juntos estamos a lutar para preservar o nosso frágil clima de danos irreversíveis e devastação de proporções inimagináveis.”

“Our planet cannot be saved unless we leave fossil fuels in the ground where they belong. Twenty years ago, we described this problem as an addiction. Today, we possess the means to end this reliance.”

Leonardo DiCaprio

Veja o vídeo aqui.

Leonardo DiCaprio criou em 1998 a Fundação Leonardo DiCaprio cuja missão é contribuir para uma relação harmoniosa de longo prazo entre o homem e o mundo natural, através de parcerias colaborativas e apoiando projectos inovadores que protejam a vida selvagem e que restaurem o equilíbrio de ecossistemas e de comunidades ameaçadas. A Fundação trabalha em áreas chave como as alterações climáticas, a conservação dos oceanos e a protecção da biodiversidade.

O ator foi nomeado em 2014 Mensageiro da Paz das Nações Unidas para as alterações climáticas e tem sido figura de destaque a espalhar a mensagem a líderes mundiais, empresas e sociedade civil sobre a importância de uma acção climática conjunta. Em 2015, a Fundação doou 14 milhões de euros a organizações que pretendem salvar o planeta.

“The challenge before us requires each and every one of us to take action. We owe this to ourselves, but more importantly to the future generations who are counting on us.”

Leonardo DiCaprio

Maria João Ramos