Os nossos serviços

Você está aqui: Home / Os nossos serviços

Indústria

Comércio de Emissões

Em 2005 a União Europeia instituiu um mercado de emissões de carbono no espaço europeu, levando as instalações abrangidas a atingir coletivamente um teto global de emissões, permitindo a compra e venda de licenças, por forma a que a redução coletiva seja feita de forma mais eficiente e a mais baixo custo. A presença de um custo real associado à emissão de gases com efeito de estufa funciona como um incentivo à mudança para tecnologias e combustíveis de baixo carbono. O CELE (Comércio Europeu de Licenças de Emissão) aplica-se atualmente à indústria e ao setor de aviação.

A equipa da Get2C trabalha há vários anos na implementação do CELE em várias empresas de diferentes setores (produção de energia, cimento, cal, papel, vidro, açúcar, tomate, laticínios, têxtil, biocombustíveis…), sendo por isso especializada e reconhecida a nível nacional e internacional em Sistemas de Comércio de Emissões.

O apoio que a Get2C presta às empresas abrangidas pelo CELE inclui a assessoria no cumprimento das obrigações legais (monitorização, comunicação e verificação), avaliações e auditorias aos consumos de energia, identificação e avaliação de projetos de redução de emissões, gestão de licenças de emissão e créditos de carbono e a análise estratégica do impacte do CELE em novas instalações e novos investimentos.


“A equipa da Get2C trabalha há vários anos na implementação do CELE em várias empresas de diferentes setores”

Trade

Anualmente, as empresas sujeitas à legislação do sistema do comércio europeu de licenças de emissão (CELE) têm que entregar à Autoridade Competente as licenças de emissão (EUAs) correspondentes às emissões verificadas no ano anterior. Se uma empresa emitir mais do que a sua alocação terá que comprar EUAs no mercado.

Simultaneamente, com o Protocolo de Quioto surgiram diferentes mecanismos a partir do qual projetos de redução de emissões de gases com efeito de estufa podem gerar créditos de carbono (CERs – Certified Emission Reductions e ERUs – Emission Reduction Units). Estes créditos de carbono podem ser utilizados para diferentes fins: para cumprimento das metas de redução definidas pelos países no âmbito do Protocolo de Quioto, para efeitos de compensação voluntária de emissões e para utilização, em limites e condições específicas, pelas empresas abrangidas pelo CELE, para efeitos de cumprimento das suas obrigações anuais.

É neste contexto que surge o nosso serviço de trade e destacamos as sinergias que existem entre o trabalho e know-how adquirido pela equipa, altamente especializada em CELE onde transacionamos CERs e EUAs.

A equipa também está preparada para apresentar soluções para compensações voluntárias com outros tipos de créditos, incluindo VERs (Verified Emission Reductions).


“Destacamos as sinergias que existem entre a equipa especializada em CELE e mecanismos de mercado e a equipa de trade de EUAs e créditos de carbono.”

Política Climática

A comunidade internacional está comprometida há décadas na luta contra as alterações climáticas. Este desafio tem dois vetores principais: mitigação e adaptação. Ambos terão impacto no desenvolvimento mundial porque um enfrenta a origem do problema – as emissões de gases com efeito de estufa – e o outro cria ferramentas para preparar e adaptar a sociedade para lidar com os impactes do clima.

As alterações climáticas estão longe de ser um problema futuro. Acontecem agora e o quinto relatório do IPCC refere mesmo que “o aquecimento é inequívoco. O limite de aumento de temperatura em dois graus está comprometido a não ser que se implementem as medidas mais drásticas de sempre.”
Desde a implementação do Protocolo de Quioto, que entrou em vigor em 2005, que têm sido dados vários passos para o estabelecimento de políticas que visam reduzir as emissões.

Acreditamos que as alterações climáticas que enfrentamos vão impactar decisivamente a vida quotidiana da nossa e de futuras gerações e por esse motivo temos vindo a acompanhar a comunidade nacional e internacional apoiando governos, autarquias e entidades multilaterais neste desafio.

Na Get2C temos um profundo conhecimento do funcionamento e regras de vários dos principais instrumentos financeiros para o financiamento de projetos na área das alterações climáticas.

“Destacamos a elevada experiência da equipa no apoio estratégico, político e técnico de delegações nacionais (e europeia) em negociações europeias e das Nações Unidas.”

Sustentabilidade Corporativa

A necessidade de adoção de estratégias que promovam a sustentabilidade no seio das empresas e nas comunidades é, hoje em dia, uma realidade irrefutável. É preciso fazer as coisas melhor e fazer coisas melhores. Sustentabilidade é fazermos as melhores escolhas para um amanhã melhor, criar oportunidades e não obstáculos, sermos transparentes e identificarmos potencial para alterar a própria mudança.

A União Europeia defende a necessidade de limitar o aquecimento global em não mais do que 2ºC durante este século. Segundo a informação científica disponível, este será o valor máximo que permitirá fazer face a uma alteração climática, sem que venham a verificar-se os cenários de impactes mais dramáticos, para os quais a adaptação será mais difícil, mais cara ou, nalguns casos, mesmo impossível. Tal redução implica reduções significativas e a descarbonização global do planeta até ao final do século.

A Get2C está empenhada no cumprimento desta necessidade e por isso atua tanto a nível nacional como internacional no desenvolvimento de estratégias de baixo carbono, incluindo inventariação das emissões, identificação de oportunidades de redução e compensação das emissões. Atua igualmente na identificação, avaliação e desenvolvimento de projetos de redução de emissões de gases com efeito de estufa no âmbito de programas como o Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) e do mercado voluntário.

“A Get2C está preparada para trabalhar a sustentabilidade dos seus clientes de diversos setores em estratégias de baixo carbono, compensação das emissões, originação e avaliação de projetos de carbono e energias renováveis.”

Projetos Especiais

O mundo que queremos ver em 2050, o nosso e o vosso “Cooler World”, advém da própria visão da empresa, assente na utilização eficiente dos recursos naturais e económicos e no desenvolvimento sustentável.
O planeta precisa de uma economia global sustentável. O planeta precisa que palavras como “verde”, “baixo carbono”, “clima”, “smart” e “economia” se juntem com sentido.

É a pensar neste caminho que a visão da Get2C se materializa em projetos especiais (smart) que sejam verdadeiramente sustentáveis para a empresa e para os outros. Esses projetos têm de ter uma visão agregadora e só fazem sentido em parceria e pensando a longo prazo. Projetos que nos levem a um “cooler world” num mundo sem emissões com recursos mais eficientes, valorizando o capital natural, com menos custos e com inovação.

“A Get2C está comprometida com o desafio de desenvolver projetos sustentáveis e inovadores”